Maracatu saga

#maracaturural
Maracatu saga | Nazaré da Mata PE Brazil 2018
PHOTO BY RB
ALL RIGHTS RESERVED

Nazaré da Mata PE Brazil 2018

Incrível a garra dessa gente, a maioria é composta de homens que trabalham nos engenhos nos arredores das cidades canavieiras. Herdaram de seus pais o fascínio de encarnarem a saga do Maracatu. Uma tradição popular que há séculos alimenta essa tradição fascinante. São homens que trabalham no plantio e corte da cana-de-açúcar das plantações da zona da mata de Pernambuco.

Com pouca instrução, eles sobrevivem com baixos salários, que mal dá para o próprio sustento. Com a mecanização da produção do açúcar e com situação que atravessa o país, muito desses homens perderam seus postos de trabalho e vivem em condição precária em favelas aos arredores da cidade. Impressionante que eles não afastam o pé dessa região, pois sabem que se deixarem a região, perdem o elo que foi passado de pai para filho.

As fantasias explodem em cores, são confeccionadas pelos próprios membros, costuram e bordam com muita habilidade e passam o ano inteiro economizando, para as apresentações durante o carnaval. Sem condições, alguns chegam a pedir esmola para construir a própria fantasia.

Todo esse esforço é recompensado em 3 dias de apresentações na praça da catedral no centro de Nazaré da Mata. O local reúne dezenas de grupos vindas de várias partes da zona rural. Uma apresentação riquíssima em detalhes e cores, eles dançam e reverenciam aos deuses afro-brasileiros. Debaixo de um sol de 40 graus, eles encaram a alta temperatura como se nada os abalasse.

Uma festa maravilhosa, rica em cultura, que arrasta milhares de espectadores que aplaudem a todas apresentações dos grupos de Maracatu. Fico sem entender o porque dessa cultura não é divulgada pela grande mídia. Conversando com algumas pessoas, passo a entender o que se passa por traz dessa minha interrogação, me disseram a razão disso tudo, a cultura é feita por homens pobres e trabalhadores rurais e que não representam a elite. Fico indignado com tal questionamento, acredito que a verdadeira cultura é banida dos olhos dos brasileiros por capricho dos que ignoram nossas tradições. Melhor para o Maracatu que continua a acreditar que a força da fé é mais forte que a força comercial.